ÚLTIMAS NOTíCIAS



SAÚDE

Ações contra os pernilongos são intensificadas

4 de novembro de 2020

EMAE e Secretaria Municipal de Saúde atuam em parceria no combate aos pernilongos.

Que atire a primeira pedra quem nunca teve o sono interrompido pelo zumbido insistente de um pernilongo. Com o calor e as chuvas, o incômodo torna-se ainda mais comum. Em nota enviada à Panamby Magazine, a Empresa Metropolitana de Águas e Energia (EMAE) destacou as principais ações tomadas contra a invasão dos pernilongos.

Desde o dia 14 de setembro, a EMAE vem executando ações complementares em apoio à Secretaria Municipal de Saúde ao longo do Rio Pinheiros em combate aos pernilongos (Culex quinquefaciatus).

Atividades relacionadas ao controle, monitoramento de focos e combate à proliferação de pernilongos são realizadas pela Secretaria Municipal de Saúde em toda a extensão do Rio Pinheiros com a aplicação de larvicida biológico nas águas do rio, para matar as larvas dos mosquitos, termonebulização nas margens, conhecida como fumacê e que mata os pernilongos já adultos, bem como a aplicação de inseticida também nas margens do rio, por meio da técnica chamada Ultra Baixo Volume (UBV).

Termonebulização, conhecida como fumacê, feita nas margens do rio. Foto: Divulgação EMAE

Desde 2019, início do Programa Novo Rio Pinheiros, a EMAE vem fazendo o desassoreamento (aprofundamento) do Pinheiros, a remoção de resíduos sólidos e de vegetação aquática, bem como a roçagem e limpeza dos taludes. Somente com desassoreamento, foram retirados 240.595 m³ de sedimentos, o equivalente a capacidade de mais de 15 mil caminhões basculantes. Sobre o lixo flutuante, já foram removidos mais de 16 mil toneladas de resíduos. Os contratos para coleta e tratamento de esgoto estão em andamento e já realizaram 47 mil ligações de imóveis à rede reduzindo a carga orgânica que chega ao rio. 

Vale destacar que as altas temperaturas nesta época do ano, bem como o período prolongado de estiagem, facilitam a propagação do mosquito. A EMAE salienta que além dos trabalhos realizados pelos órgãos públicos, o apoio da população é fundamental, não jogando lixo em córregos, bueiros e valetas.

 

EMAE testa equipamento para captura de pernilongo

(Máquina, desenvolvida com apoio técnico da NASA, imita temperatura corporal humana para atrair os insetos. Foto: Divulgação EMAE)

A Empresa Metropolitana de Águas e Energia (EMAE) iniciou os testes de equipamento para captura de pernilongos no Rio Pinheiros, nas imediações da Usina São Paulo, antiga Usina de Traição. A máquina, desenvolvida nos Estados Unidos com apoio técnico da NASA, imita a temperatura corporal humana para atrair o mosquito e utiliza um ventilador de vácuo para forçá-los a entrar na unidade. 

O equipamento promete dar mais eficiência às ações contra os mosquitos, alcançar locais onde os barcos não chegam e reduzir custos. Os custos, a eficácia e a precisão do sistema estão sendo analisados pela EMAE. Se a avaliação for positiva, o sistema poderá ser adotado. Conforme a empresa, mais de três mil pernilongos por dia podem ser absorvidos.


FIQUE CONECTADO











luiza@leituraprima.com.br
(11) 2372-3992 e (11) 98486-1117